MENU

LOGIN

Notícias

05 June 2017

Grupo Vila Galé cria uma nova marca de restaurantes italianos

Chama-se Massa Fina e é a nova grande aposta do grupo Vila Galé. Os hoteleiros que já têm negócios no setor dos vinhos e do azeite resolveram voltar-se para um conceito de restauração mais rápida e comercial e arrancam com quatro novos restaurantes italianos ainda este ano.     "Depois dos vinhos e dos azeites faz todos o sentido, mas também da nossa perceção daquilo que são as necessidades do público", adiantou ao Dinheiro Vivo Gonçalo Rebelo de Almeida, a poucos dias de inaugurar o primeiro restaurante.     "Vamos testar o conceito nos restaurantes de quatro hotéis em que existe uma integração de público mista, já que todos eles contam com saídas diretas para o exterior, de modo a que possamos atender tanto clientes dos hotéis como pessoas que passam na rua.     Este é um conceito virado para que quem passa queira entrar". O conceito também será exportado.     A Massa Fina irá para o Brasil, onde o Vila Galé conta com sete hotéis. "A ideia é reforçar a oferta já existe de espaços de refeição     nos resorts, proporcionar uma quinta oferta de restauração". O primeiro restaurante abre portas ainda esta semana - no dia 9 de junho - no Estoril. Os três outros restaurantes vão ter morada no Algarve.     in Jornal de Notícias, por Ana Margarida Pinheiro

Ler mais
03 June 2017

Lisboa ganha novo mirador... na ponte 25 de Abril

Os turistas que visitam Lisboa são frequentes habituais dos miradores espalhados pela cidade das sete colinas. Mas este verão a capital passará a ter na lista dos seus miradores a plataforma mais alta, instalada junto ao rio, virada para poente, num nível muito superior ao do Padrão dos Descobrimentos. Mais alto só estará, na margem sul, o mirador do Cristo Rei. Trata-se do projeto Pilar 7 da ponte 25 de Abril, proposto e desenvolvido pela Infraestruturas de Portugal e que será concluido e gerido pela Associação do Turismo de Lisboa (ATL). O diretor-geral da ATL, Vitor Costa, explicou ao Expresso que o Pilar 7 terá "um centro de interpretação da ponte 25 de Abril, que inclui o elevador com miradouro ao nível do tabuleiro rodoviário". Este museu-mirador "resulta de uma parceria com a Infraestruturas de Portugal (IP), que elaborou o projeto de arquitetura e especialidades e os submeteu à aprovação da Direção-Geral do Património Cultural e da Câmara de Lisboa", adianta Vitor Costa. O investimento necessário para construir o museu-mirador é de "cerca de cinco milhões de euros, da responsabilidade da ATL, sendo cerca de 50% financiado através das taxas turísticas", diz o diretor-geral da ATL. A Associação do Turismo de Lisboa explorará o equipamento durante 15 anos e pagará à IP uma renda anual de 90 mil euros. A data de inauguração será anunciada em breve. O projeto foi concebido para estar pronto no primeiro dia do 51.º ano de existência da ponte 25 de Abril.

Ler mais
31 May 2017

ISEG lança curso intensivo sobre Gestão do Turismo de Luxo

Nos dias 16 e 17 de outubro, o Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), em Lisboa, irá promover a 1.ª edição do curso executivo “Luxury Tourism Management”, uma formação que aborda as principais características e tendências da gestão do luxo aplicadas ao sector do turismo e hospitality . Numa altura em que o segmento do turismo de luxo cresce fortemente em Portugal, torna-se essencial compreender as diferentes dimensões deste mercado. O luxo como inspiração competitiva e diferenciação estratégica é, por isso, o tema central deste curso que se apresenta dividido em quatro blocos: Essência do Luxo, Mercado de Turismo de Luxo, Consumidor de Turismo de Luxo e Estratégias no Turismo de Luxo. Destinado a todos os profissionais do sector do turismo, desde hotelaria, golfe, restauração, agências e operadores turísticos, e coordenado por Gilberto Jordan, CEO do André Jordan Group, e Helena Amaral Neto, do ISEG, o curso “Luxury Tourism Management” tem como orador principal Carlos Ferreirinha, uma referência no segmento do luxo na América Latina. Esta formação executiva conta também com importantes parcerias com entidades do sector, tais como Turismo de Portugal, Associação da Hotelaria de Portugal, Associação Portuguesa de Resorts, Conselho Nacional da Indústria do Golfe e Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo. O jornal da indústria do turismo, Publituris, é o media partner deste curso. As inscrições estão abertas até 10 de outubro, através do site do ISEG, por 1.750€. Caso a inscrição seja feita até 15 de setembro, o valor é de 1.500€. in Ambitur

Ler mais
29 May 2017

Hotéis Alexandre de Almeida celebram Centenário entre 300 convidados e “amigos do turismo”

100 anos é uma data especial e, por isso mesmo, não poderia deixar de ser comemorada com pompa e circunstância mas também com humildade, emoção e entre amigos. Foi este o sentimento que os cerca de 300 convidados do Centenário dos Hotéis Alexandre de Almeida partilharam este sábado, dia 27 de maio, no Palace Hotel da Curia, numa festa onde não faltaram hoteleiros, dirigentes associativos, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e muitos profissionais do setor, bem como funcionários deste grupo hoteleiro. Na verdade, foi no Bussaco que tudo começou, em 1917, mas o atual presidente do Grupo, neto do fundador, Alexandre de Almeida, reuniu “amigos do turismo” no Palace Hotel da Curia por meras razões logísticas. Esta foi a sua forma de homenagear o avô, “alguém que mudou o nosso Portugal”, sublinhou. Alexandre de Almeida frisou que o sucesso deste percurso se deve a “uma questão de liderança assente na competência profissional e num forte espírito de equipa”. Acrescentou ainda que os valores deixados pelo avô foram e continuam a ser também seguidos, nomeadamente a inovação, paixão, responsabilidade, seriedade, respeito, excelência, entrega e generosidade. “Foi um visionário que ainda hoje nos inspira e nos incute um grande grau de dedicação e uma grande responsabilidade”, admite o hoteleiro que representa a terceira geração desta família. A quarta geração, diz ainda, “está já em preparação”, referindo-se aos seis filhos que o acompanharam sempre ao longo desta festa. Alexandre de Almeida recordou a mensagem palavras que, em 1926, o avô passou aquando da inauguração do Palace Hotel da Curia: “a indústria hoteleira é considerada benemérita em muitos países, tal é o seu valor como fator de progresso em todos os ramos da sua atividade. A esta eu tenho prestado toda a minha energia e dedicação para conseguir que o nosso país alcance o lugar a que tem direito na civilização mundial, com o seu passado histórico e pelos seus encantos naturais e clima sem igual: o país onde o sol sorri. Auxiliem-me todos nesta cruzada que de muitos vive e para todos produz”. E aproveitou para frisar que o facto de hoje Portugal ser um país que “afirmou definitivamente o turismo como uma das suas mais importantes atividades económicas” é “a maior homenagem que podemos prestar ao meu avô”. Terminou dizendo que “temos continuadores e temos um país de turismo”. in Ambitur

Ler mais
A exibir 1-4 de 57 itens.