MENU

LOGIN

Intervenções AHP

22 May 2017

5 PONTOS SOBRE O REGULAMENTO GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS

A AHP realizou no passado dia 30 de março uma sessão de esclarecimentos sobre o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados e as suas consequências e aplicações no setor hoteleiro. Mas, em traços gerais, o que muda com este regulamento? 1. Novo conceito de dados pessoais O novo Regulamento assenta no pressuposto de que o direito à privacidade é um direito fundamental, pelo que alarga o conceito de dado pessoal para “toda e qualquer informação que seja passível de identificar uma pessoa”. 2. Mais direitos para os titulares dos dados O Regulamento garante que o controlo dos dados passa para os cidadãos e não para as entidades que os recolhem, estabelecendo, para além dos já instituídos direitos ARCO (acesso, retificação, correção e oposição), o direito do titular ao apagamento dos dados pessoais e do seu histórico – seja em backups ou mesmo em arquivo morto. 3. O consentimento informado é obrigatório (opt-in) Se antes vigorava um racional de consentimento tácito, em que se pressupunha a anuência e se dava a opção ao titular de retirar os dados (opt-out), agora o paradigma é o do opt-in. O titular tem que dar a sua autorização expressa e deve ser informado sobre o objetivo a que os seus dados se destinam. 4. Minimização de riscos As informações pessoais dos clientes são, do ponto de vista comercial, o “novo petróleo”, pelo que até agora era prática corrente a recolha massiva de dados. O novo regulamento impõe, no entanto, práticas que minimizem o risco de Data Breach, como recolher e tratar os dados estritamente necessários, partindo do pressuposto de que menos dados corresponde a mais segurança. 5. Auto-responsabilização Com o novo regulamento deixa de ser obrigatória a entrega das informações pessoais recolhidas à Comissão Nacional de Proteção de Dados. O responsável pelos dados e o seu tratamento é a empresa/entidade/ organização, na figura do Data Protection Officer (DPO), uma figura obrigatória para empresas com mais de 250 colaboradores ou nas quais a recolha de dados constitua o core da atividade da empresa, como é o caso da hotelaria. Conheça o regulamento aqui.

Ler mais
03 May 2017

Intervenção da AHP - Apresentação do Estudo da PwC "European Cities Forecast" em Lisboa

Intervenção de Cristina Siza Vieira na apresentação do estudo da PwC que decorreu, em Lisboa, a 3 de maio de 2017. Veja a apresentação aqui.

Ler mais
20 April 2017

Intervenção da AHP - Apresentação do Estudo da PwC "European Cities Forecast" no Porto

Intervenção de Cristina Siza Vieira na apresentação do estudo da PwC que decorreu, no Porto, a 20 de abril de 2017. Veja a apresentação aqui.

Ler mais
A exibir 1-3 de 3 itens.